Cachorro cego: 8 dicas para facilitar a vida do pet

Você sabia que os cães também podem ficar cegos? Essa condição pode ser resultado de diversas causas, incluindo doenças, lesões ou idade avançada. Quando isso acontece, o pet precisa se adaptar a uma nova realidade e contar com a ajuda do seu tutor para ter qualidade de vida. Neste sentido, existem algumas dicas que podem facilitar a rotina dos cachorros cegos e torná-la mais segura e confortável. Confira aqui 8 sugestões valiosas para cuidar do seu companheiro canino!

Cuidados para cães cegos.

Quando se trata de cuidar de um cachorro cego, existem algumas dicas importantes a serem seguidas para garantir que o pet tenha uma vida confortável e feliz. Aqui estão 8 dicas úteis:

Mantenha sua casa limpa e organizada

Um cão cego precisa de um ambiente familiar consistente para navegar com sucesso. Mantenha os móveis em seus lugares regulares e não deixe objetos no chão que possam causar tropeços.

Crie uma rotina diária

Ao estabelecer uma rotina diária consistente, como horários para alimentação, passeios e brincadeiras, você pode ajudar seu cachorro a se sentir mais seguro em sua casa.

Use sinais verbais ou sonoros

Para orientar seu cão pelo espaço da sua casa, use palavras específicas ou sons especiais para indicar onde eles devem ir.

Tenha coleira com identificação atualizada

Inclua informações sobre como entrar em contato com você em caso de emergência na etiqueta do colarinho do seu animalzinho. Isso é especialmente importante se ele escapar ou ficar perdido.

Nunca mude a localização dos objetos regularmente

Bowls de comida e água devem estar sempre nos mesmos locais fáceis acessíveis ao pet mesmo sem enxerga-los . O lugar onde fica a caminha também deve permanecer o mesmo .

Fique atento à saúde ocular do animal

O controle oftalmológico é essencial para garantir que o cãozinho não tenha problemas de visão progressivos. Caso a cegueira seja irreversível, ainda assim vale a pena manter essa rotina veterinária para evitar outras doenças nos olhos.

Estimule outros sentidos do animal

Mesmo sem enxergar, estimular os outros sentidos como o paladar e olfato pode ser uma ótima maneira de mantê-lo ativo e feliz. Brinquedos com cheiro ou sabores específicos podem ajudar nesse processo.

Ajude-o em novos ambientes

Sempre que estiver levando seu cachorro para um novo ambiente, guie-o com segurança através do espaço desconhecido. Se ele precisar subir escadas ou pular obstáculos, ajude-o gentilmente.

Adaptações para cão cego”.

Quando um cão perde a visão, ele precisa de adaptações em seu ambiente para conseguir se locomover e realizar atividades diárias com segurança. Confira abaixo oito dicas para facilitar a vida do seu pet cego:

1. Mantenha os objetos no lugar

Cães que perderam a visão precisam de uma rotina consistente e previsível para se adaptarem ao novo ambiente. Mantenha móveis, brinquedos e outros objetos sempre nos mesmos lugares.

2. Use tapetes antiderrapantes

Tapetes antiderrapantes podem ajudar o seu cachorro a ter mais estabilidade ao caminhar pela casa. Coloque-os em áreas escorregadias como pisos de madeira ou azulejo.

  Acessórios para cachorros - Como escolher os melhores

3. Utilize aromas diferentes

Cães têm um olfato muito apurado, por isso usar aromas diferentes pode ser útil para ajudá-los a encontrar locais específicos da casa, como sua tigela de comida ou sua cama.

4. Adicione texturas diferentes aos brinquedos

Inclua brinquedos com texturas diferentes na caixa de brinquedos do seu cão, eles vão adorar sentir as diferenças entre cada um através do toque.

5. Faça barulhos ao andar pela casa

Faça barulhos distintos quando caminhar pela casa – bata palmas ou faça sons com os pés – assim você ajuda o seu cachorro a identificar onde está você e evita assustá-lo.

6. Adapte a área externa

Cães cegos também precisam de adaptações para se sentir seguros do lado de fora da casa. Coloque cercas ou barreiras em torno das áreas perigosas, como piscinas ou escadas, e certifique-se que o seu cachorro esteja sempre na guia quando sair para passear.

7. Use coleira com identificação

Se o seu cão costuma ir ao ar livre sem supervisão, use uma coleira com identificação para garantir que ele possa ser facilmente encontrado caso se perca.

8. Dê amor e paciência

Ao adaptar sua casa e rotina para ajudar seu cachorro cego, lembre-se que o mais importante é dar muito amor e paciência – eles vão precisar da sua ajuda extra nesse momento difícil.

Alimentando um cão cego.

Alimentar um cão cego pode ser uma tarefa desafiadora, mas existem algumas dicas que podem facilitar a vida do pet:

  1. Use o mesmo comedouro sempre: para evitar que seu cão se perca e não encontre sua comida, mantenha o comedouro sempre no mesmo lugar.
  2. Cuidado com outros animais: se você tem outros pets em casa, certifique-se de que eles não estejam roubando a comida do seu cachorro cego.
  3. Fale com ele enquanto alimenta: é importante falar com seu pet durante as refeições para ajudá-lo a encontrar sua comida e sentir-se seguro.
  4. Treine-o para comer na mão ou no prato: ensinar seu cachorro a comer diretamente na mão ou em um prato pode ser útil caso ele tenha dificuldades em encontrar sua própria tigela de comida.
  5. Não altere os alimentos repentinamente: mudanças repentinas na dieta do animal podem causar desconforto estomacal e digestivo. Por isso, mantenha a mesma alimentação por um período antes de fazer qualquer alteração.
  6. Siga as orientações veterinárias: consulte o veterinário sobre qual tipo de alimento é melhor para o seu pet, levando em consideração suas necessidades nutricionais específicas como um animal cego.
  7. Seu cachorro precisa ter acesso fácil a água limpa e fresca o tempo todo, portanto, verifique a tigela de água com frequência.
  8. Evite alimentos perigosos: alguns alimentos podem ser prejudiciais à saúde do seu cão cego. Portanto, evite dar-lhe doces, chocolate ou outros alimentos que possam causar intoxicação alimentar ou outras complicações.

Lembre-se sempre de prestar atenção ao comportamento do seu pet durante as refeições para garantir que ele esteja se alimentando adequadamente e sem dificuldades adicionais por causa da deficiência visual. Com essas dicas simples você pode ajudá-lo a ter uma vida mais confortável e feliz!

Cuidados com cão cego.

Ter um cão cego pode ser desafiador, mas com alguns cuidados simples você pode facilitar a vida do seu pet. Aqui estão oito dicas para ajudá-lo:

  1. Não mude a mobília de lugar: É importante manter os móveis em seus lugares habituais para que o cão possa se locomover com mais facilidade.
  2. Mantenha uma rotina consistente: Os cães cegos precisam de uma rotina consistente pois isso ajuda-os a entender e se adaptar ao ambiente. Tente manter horários regulares para alimentação, passeios e brincadeiras.
  3. Use coleira ou guia curta: Quando estiver andando com seu cachorro na rua, é essencial usar uma coleira ou guia curta para mantê-lo seguro e sob controle. Não deixe-o solto enquanto caminha pela cidade ou área rural.
  4. Crie barreiras físicas: Coloque cercas e portões onde necessário para evitar que o cachorro caia em escadas ou outros locais perigosos.
  5. Incentive outros sentidos: Cães usam principalmente o olfato como sua principal forma de navegar pelo mundo. Use aromas diferentes no jardim ou quintal da casa, coloque tapetes texturizados nos pisos da casa etc., tudo isso irá ajudar a estimular outros sentidos do animal além da visão.
  6. Fale com ele sempre antes de tocá-lo: Antes de tocar seu cachorro, fale com ele para que ele saiba que você está lá. Isso evitará surpresas e possíveis sustos.
  7. Trabalhe o treinamento de voz: Cães cegos precisam entender os comandos verbais do dono. Portanto, é importante trabalhar o treinamento de voz desde filhote ou no momento em que ele perdeu a visão.
  8. Forneça brinquedos sonoros: Brinquedos sonorizados são ótimas opções para estimular outros sentidos dos cães cegos durante as brincadeiras. Eles também ajudam a manter seu pet entretido e feliz.

Lembre-se sempre de ter paciência e amor ao lidar com um cachorro cego. Com essas dicas simples, você pode ajudá-lo a se adaptar à nova realidade sem muita dificuldade.

Conclusão

Cuidar de um cachorro cego pode ser desafiador, mas com algumas adaptações e carinho é possível proporcionar uma vida feliz e confortável para o pet. As dicas apresentadas neste artigo são simples, porém eficazes, e podem fazer toda a diferença na rotina do seu amigo canino.

Se você tem um cachorro cego, saiba que existem diversas maneiras de facilitar a vida do seu pet e proporcionar mais segurança e conforto para ele. Algumas dicas incluem manter os objetos sempre no mesmo lugar, usar tapetes antiderrapantes pela casa, colocar guias curtas nas caminhadas e ensinar comandos verbais específicos. Além disso, é importante lembrar-se de não mudar muito o ambiente do animal e oferecer carinho e atenção constantes. Com essas medidas simples, seu cachorro cego poderá desfrutar de uma vida plena e feliz ao seu lado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima